O que uma boa Gestão de Redes Sociais pode fazer pelo meu negócio

Estar presente nas redes sociais é primordial para quem deseja ser facilmente encontrado e quer entregar mais do que apenas um produto/serviço: quer gerar valor ao seu público.

Mas, para ter resultado, é preciso ter estratégia. É necessário um planejamento para desfrutar dos benefícios de estar onde seu lead está, e ser lembrado por ele.

Quando esse planejamento é bem feito e executado, seu perfil comercial nas redes sociais se diferencia dos demais. Dar conta das demandas de quem interage com sua marca e continuar produzindo bom conteúdo é o que chamamos de uma boa Gestão de Timeline.

Se você já leu nosso Guia para Instagram de Negócios, conseguiu ver como, além da boa Gestão de Timeline, outros critérios devem ser utilizados na sua estratégia, para se alcançar ótimos resultados.

Você já tem o hábito de gerenciar a sua rede social e incluir o planejamento nas tarefas da sua empresa? Trouxemos aqui como e por que fazer isso.

 

 

ENTENDENDO AS REDES SOCIAIS

 

Entender a missão de cada rede social e o que ela proporciona é necessário para direcionar sua estratégia e o que deve chamar mais atenção.

O Instagram, por exemplo, é uma rede social em que a imagem é o foco. E o conteúdo é, geralmente, usado para inspirar os usuários: uma bela imagem de uma viagem em que o produto da marca está sendo usado cabe direitinho nessa rede.

Já no LinkedIn, o foco é no relato de cases, nas conexões profissionais, vagas do mercado, conteúdo direcionado a formação. Um conteúdo compartilhado no próprio LinkedIn explica de maneira muito lúdica o papel de cada rede social:

A sua audiência é quem vai dizer qual canal e formato ela prefere. E como você descobre isso? Com um bom Mapeamento de Personas e com a Gestão de Redes Sociais, que vai muito além de uma curadoria de conteúdos badalados do momento e responder comentários de seguidores. Uma boa gestão de redes sociais permite que você conheça seus seguidores e crie proximidade.

Para montar sua pauta, você pode trazer insights sobre o seu mercado e entregar conteúdos educativos: aquilo que o lead precisa ouvir para resolver um problema ou entender que precisa de ajuda, o que chamamos dor da persona. Além disso, uma boa pesquisa de hashtags também é bem-vinda. Foi esse raciocínio, por exemplo, que fez com que você chegasse ao nosso blogpost.

 

 

POR ONDE FOR, QUERO SER SEU PAR

 

Saber quais são os assuntos que seus seguidores estão procurando e/ou mais acessando é essencial para dar o norte da sua comunicação. Pois, quando o lead estiver procurando a solução para um problema, é a sua empresa que ele vai buscar para saber. Você deve buscar ser o match perfeito dele.

Seguindo esse raciocínio, crie um blog ou canal no Youtube e transforme-o num acervo de conteúdo que você vai divulgar nas Redes Sociais para conversar com sua audiência. Seja autor do conhecimento que o seu público procura. Isso vai fazer com que sua pauta para as redes sociais fique bem mais fácil de ser montada.

Pra dar uma ajudinha, que tal ler um pouco sobre Marketing de Conteúdo engajar pessoas e gerar leads? Além disso, para complementar a leitura, conheça 8 passos para produzir vídeos que convertem.

Quer ver um dado interessante do Instagram? De cada 3 visitas ao perfil comercial, 2 são de não seguidores. Esse dado é de 2017, divulgado no evento “Impulsione com Facebook“, que aconteceu em Julho de 2019 no Rio de Janeiro. Ou seja, para aqueles que não procuraram sua empresa para a resolução do problema, mas estão interessados no conteúdo que você produziu, o caminho para se conectar fica mais curto – só é preciso saber como engajá-los.

As “tags” são um caminho, além das palavras-chave e ampliação do alcance o com posts patrocinados, para ser encontrado. Quando você põe as “#” com o tema e palavras relacionadas ao que você está falando, ao procurar alguma ou seguir delas, os usuários encontrarão seu post.

Então, perceber onde seu lead está indo e qual o perfil dele, também faz parte de uma boa gestão de redes, que faça você para entregar e estar presente também para não seguidores ou aqueles que não curtem sua página.

 

 

GESTÃO DE REDES SOCIAIS: INTERAÇÃO É O CAMINHO

 

Seguidores e visitantes buscam algo que poucos perfis comerciais conseguem cumprir:a interação. As pessoas querem se sentir acolhidas, fazer parte. Responder, curtir comentários, instigar nos stories com caixa de perguntas buscando saber a opinião do seguidor, apresentar pessoas, como as da equipe. Tudo isso é interação!

Segundo Kotler, estamos na era do cliente em foco, ou seja, a experiência do consumidor. Então, é preciso disponibilizar um tempo não só para estudar tendências de conteúdo (formatos) e analisar seus resultados, mas para dar atenção aos seus seguidores.

Faça ações nos stories, conte a história da empresa, estude os assuntos sobre os quais seu público se interessa. Quanto mais se sentirem parte da sua empresa, melhor será seu engajamento.

Proximidade (interação) e autoridade (conteúdo de valor) são a chave para um perfil comercial relevante. E isso só é possível por meio de um planejamento estratégico acompanhado da Gestão d Redes Sociais que garanta a entrega de um conteúdo que as pessoas desejam seguir.

Sabendo da importância do Instagram para Negócios, fizemos um Guia – completo – de como ser relevante no Instagram. E, a Nayla, co-founder aqui da #SB e especialista em Gestão e Conteúdo para Redes Sociais, ressaltou o espaço que o Instagram vem ocupando nas empresas como porta para novos negócios:

O Instagram se tornou rapidamente ‘a’ rede social que se comunica de forma rápida, dinâmica e integrada com o público que está online. Os recursos de feed, anúncios em diferentes formatos e o IGTV fazem a experiência nessa plataforma única e inovadora. E quem anuncia lá está sendo visto (e notado). Por isso, fizemos um material para que você saiba como usá-lo.”

– Nayla Soutelo, Co-founder da #SocialBrain 

 

E também o CEO do Bume fez questão de ressaltar o diferencial das empresas estarem no Instagram:

O Instagram é sem dúvidas uma das ferramentas mais importantes para empresas que buscam se posicionar digitalmente. São diversas funcionalidades pensadas para ofertar insights preciosos na hora de se criar conteúdo para audiência. Os empreendedores que têm ciência destes recursos e sabem usá-los corretamente numa estratégia de marketing digital certamente estão bem a frente no quesito maturidade digital.”

– Michel Ank, CEO do Bume.  

 

Para baixar o guia é só clicar aqui 

 

Recent Posts

Leave a Comment