Saiba escolher a ferramenta de automação de marketing que irá conduzir seus leads para o fundo do funil de vendas

Trabalhar fluxos de nutrição de leads eficientes ajuda a deixá-los mais preparados para a compra e proporciona vendas mais assertivas.

 

Você já conseguiu uma base interessante de leads e prospects e agora precisa continuar a conversa que motivou o público a interagir com a sua marca. Imagine ter que abordar cada um manualmente e ainda manter o processo de conversão de leads rodando?

Dependendo do tamanho da sua base e equipe, haja trabalho braçal! Sem contar que o custo de aquisição de leads despreparados – e 90% do seu público nem está pronto ainda para uma abordagem comercial – pode demandar alto investimento de tempo, dinheiro e ainda assim não garantir a venda.

Não é à toa que hoje o Brasil está entre os países que mais aderiram às ferramentas de automação de marketing. Elas são verdadeiras aliadas para fazer a gestão de leads de forma mais eficiente, nutrindo-os e conduzindo o público de forma “educada” pela jornada de compra. A cereja do bolo dessas soluções está em permitir que você deixe o funil de vendas no piloto automático e se dedique a outros esforços que gerem receita.

A automação têm mudado a vida dos profissionais de marketing por motivos como:

  • Ajuda a entender quem é o lead, o seu interesse e o estágio de compra em que está;
  • Permite abordar o público de forma personalizada;
  • Aumenta as chances de conversão, oferecendo ao lead informação na hora certa;
  • escalabilidade às ações de marketing, tirando trabalhos recorrentes da equipe;
  • Reativa contatos “adormecidos” no momento mais oportuno para a venda;
  • Conduz o lead de forma mais eficiente até o momento de compra.

 

Aproveite o conteúdo que você já tem para montar seu fluxo de automação

Essa estratégia se torna ainda mais efetiva quando está alinhada à metodologia de Inbound Marketing, que trabalha a aquisição e ativação de leads por meio de conteúdo online que seja útil para ele. Por isso, uma das formas mais lógicas de planejar um fluxo de automação de marketing é criá-lo de acordo com os estágios do funil de vendas.

Aproveite o conteúdo que a sua empresa já tem (blogposts, artigos, e-books, vídeos, infográficos etc) e organize-o de acordo com o tema e estágios do funil: no topo, trabalhe materiais que ensinem o lead sobre o assunto; no meio do funil comece a mostrar que você pode resolver o problema dele; e no fundo deixe claro que você tem a solução ideal para o que ele precisa.

Mesmo que a sua empresa ainda não tenha conteúdo suficiente para montar uma estratégia mais robusta, pelo menos comece com um fluxo de nutrição de leads simples e avalie os resultados. É importante que essa jornada de compra foque em apenas uma das “dores” da sua persona, para que os conteúdos criados possam ser específicos o suficiente para aprofundar a conversa com o lead e resolver o problema dele.

Isso se torna muito mais fácil e eficiente quando é criada uma sequência de e-mails lógica para nutrir a base de leads. É fundamental ativar o conteúdo por meio de canais digitais e com uma estratégia automatizada de e-mail marketing é possível alcançar um aumento entre 8 e 10% nas vendas.

 

Como saber qual a ferramenta de automação de marketing ideal?

Para responder a essa pergunta você precisa definir qual aspecto pesa mais na sua estratégia digital: reduzir o custo de aquisição de clientes, ganhar tração de negócio, otimizar o tempo da jornada de compra, integrar as soluções de marketing da sua empresa. Se a resposta for “todas as alternativas anteriores”, hoje há soluções de automação bem completas no mercado que podem te ajudar nessa missão.

Mas, a ferramenta não pode se tornar um fardo para o trabalho. Um software de automação bem escolhido se torna um verdadeiro parceiro no dia a dia de um profissional de marketing. Por isso, existem alguns aspectos que são essenciais na hora de fazer uma escolha:

  • Avaliar o custo: pode parecer óbvio, mas é importante refletir sobre quanto você irá pagar pela ferramenta x se os recursos que ela oferece atendem a sua estratégia. Por exemplo, o tamanho da sua base leads pode influenciar diretamente o valor do plano a ser escolhido. O ideal é optar sempre pelo melhor custo-benefício.

 

  • Identificar limitações: a maioria das plataformas de automação oferece planos de contratação de acordo com o total de disparos de e-mails e contatos da base. Avalie se não é o caso de contar com uma opção que ofereça quantidade ilimitada de envios e usuários, para que você ganhe mais escalabilidade em longo prazo.

 

  • Verificar as integrações disponíveis: lembre-se que a sua ferramenta de automação não trabalhará em carreira solo. É importante considerar a integração nativa com soluções de CRM, ERP, redes sociais, blog, sistemas de gestão do conhecimento. Analise que outras ferramentas fazem parte do seu ecossistema de comunicação e o quanto é fundamental que elas falem diretamente com a automação.

 

  • Analisar os recursos: esse é o ponto que demandará mais bom senso na hora da escolha. Por exemplo, faz sentido adquirir um software de automação que não identifique quando um lead passa de uma fase para outra no funil de vendas? Certamente não. Mas, nem sempre a solução com mais recursos é a ideal para a sua estratégia e isso pode acabar te atrapalhando no dia a dia. É bom entender o que é crucial para o seu trabalho de marketing como gestão de redes sociais, criação de landing pages, publicação em blogs, formulários, criação de anúncios e por aí vai. Uma boa ferramenta de automação é aquela que te permite planejar, medir e gerenciar a sua estratégia de forma prática e eficaz.

 

  • Verificar a disponibilidade de suporte: nos primeiros meses de uso, principalmente, esse fator fará toda a diferença. Por isso, certifique-se de que você poderá contar com uma equipe de suporte dedicada. Um diferencial é uma solução que além de te ajudar nos aspectos técnicos da automação possa dar dicas de como obter o melhor da ferramenta para alavancar o seu negócio.

 

  • Conferir o feedback dos clientes: vale pesquisar quais as soluções que outras empresas do seu setor andam utilizando. Isso diz muito dos resultados esperados com a ferramenta e lhe ajudará a tomar uma decisão mais certeira.

Trabalhar com leads nutridos e mais preparados para a compra garante resultados mais assertivos, encurta o ciclo de compras e favorece a geração de tickets maiores.

E nós podemos te ajudar a tomar essa decisão!

Na #SocialBrain somos especialistas em Inbound Marketing e agência Ouro da Resultados Digitais, detentora da ferramenta de automação de Marketing RD Station. Vamos conversar!

Recommended Posts

Leave a Comment