Mobile e vídeos nas Redes Sociais: Facebook explica o que funciona melhor no feed de notícias

Direto do Social Media Week Chicago, líder de Criação do Facebook e Instagram afirma: vídeo é tudo. Se você puder fazer vídeo, faça!

O vídeo está tomando conta da maior parte dos conteúdos que vemos no mundo mobile. Para as organizações, abraçar o formato vídeo é fundamental. G. Andrew Meyer, líder de Criação do Facebook e Instagram, participou do Social Media Week Chicago, que aconteceu de 15 a 17 de novembro, e compartilhou informações sobre atual cenário de vídeos na web.

Como parte do Facebook e Instagram, Meyer está constantemente trabalhando com agências e clientes para melhorar a performance de suas campanhas na web. E é categórico ao afirmar: “vídeo é tudo. Hoje as pessoas checam o celular pelo menos 30 vezes ao dia. Nós temos que pensar em como isso se comporta no feed de notícias”.

A troca para o mobile já aconteceu. Para Meyer, “os desktops estão se tornando irrelevantes”. Todo mundo tem um dispositivo móvel. 95% dos clientes do Facebook são provenientes do mobile. E ele aponta que, desde 2015, tem registrado um crescimento de 800% de visualizações de vídeo. Portanto, é importante que a sua marca adote o formato em sua estratégia de conteúdo. “Se você puder investir em vídeo, faça vídeo”, afirma Meyer.

Mais performance com menor custo

Já faz algum tempo que observamos o impacto do formato vídeo nas redes sociais dos nossos clientes aqui na #SocialBrain. Enquanto o Facebook restringe cada vez mais o alcance das publicações orgânicas (gratuitas) em imagens e links, os vídeos seguem performando bem, com mais alcance na comparação com os outros formatos. E quando são impulsionados, a diferença de desempenho é ainda mais impressionante: resguardadas as condições de competição de cada mercado, o custo por resultado de uma publicação em vídeo chega a ser 5.000% menor do que uma publicação em foto ou link.

Portanto, quem quer aumentar o tráfego para o site, o alcance de suas publicações e gerar mais engajamento com sua audiência precisa investir em vídeo. E investir não significa necessariamente gastar muito dinheiro para produzir.

É claro que vídeos mais relevantes em sua estratégia de conteúdo podem merecer uma atenção especial: são aqueles que apresentam a proposta de valor da sua marca, seus produtos e serviços de um jeito simples, didático e lúdico.

Mas é possível produzir vídeos com a sua própria estrutura, sem necessariamente contratar um estúdio, e obter ótimos resultados. Com uma boa iluminação, uma câmera com qualidade HD (que pode ser a do celular), ou até mesmo a webcam e um editor simples de vídeos, já é possível começar.

Dicas do Facebook e Instagram para criar vídeos para o mobile:

  • Seja breve. A regra de 3 segundos para ganhar a atenção do consumidor se tornou a regra número 1 para um feed que utilize vídeos como estratégia de conteúdo.
  • Tenha uma abordagem irresistível: bom conteúdo é fundamental. Usar  humor como gancho, ser emocionante, ter um raciocínio claro e ser autêntico é uma receita de sucesso infalível.
  • Comece pelo final e inverta a lógica da narrativa. As pessoas gastam em média apenas 2,5 segundos de visualização no desktop e apenas 1,7 segundos no mobile. Se o conteúdo for bom e relevante, a audiência vai assisti-lo naturalmente.
  • Opte pela simplicidade. Até a indústria cinematográfica está buscando formatos simples que funcionem bem.
  • O coração de um vídeo é transmitir a mensagem levando em consideração que você está vendo alguma coisa a cada poucos segundos. Nossa atenção está fragmentada em micro-momentos.
  • Mescle conteúdos e formatos. Uma mistura de imagem humana, com animação e produto pode ser uma boa combinação.
  • Cuide da qualidade, mas pegue leve. Na hora de editar, não esqueça de gerar um arquivo com boa resolução, mas que não seja pesado, para não comprometer o carregamento (antes de ser incrível, um vídeo precisa ser funcional).

Que tipos de conteúdo podem ser feitos em vídeo?

Pare para pensar: certamente você possui um conteúdo acumulado sobre a sua marca, seu negócio e o seu mercado que fazem a diferença na captação. Por que não transformá-los em pequenos vídeos, para ampliar sua audiência, gerar mais tráfego para o seu site e ainda se tornar referência no seu segmento? Veja alguns conteúdos que você pode transformar em vídeo:

  • Apresente produtos, serviços e sua empresa: de um jeito informativo, sem forçar a barra para vender, você pode deixar o público conhecer e entender melhor o que sua marca tem a oferecer.

  • Responda perguntas frequentes: se você ou seu time comercial estão habituados a responder sempre as mesmas perguntas de prospects e clientes, você pode transformar estas respostas em um FAQ com pequenos vídeos. Eles vão otimizar a jornada de compra do seu cliente, ajudar seu time comercial a ganhar tempo e ainda gerar um bom tráfego para o seu site.

  • Faça entrevistas e seminários online: reúna colegas, especialistas e parceiros de outras empresas que sejam relevantes para o mesmo público que você atende e faça um bate-papo em vídeo. Ouvir profissionais que são referência é sempre bom para aprender mais e acompanhar as tendências de cada segmento. E certamente seu público vai agradecer. Você pode fazer estes encontros presencialmente ou via hangouts do Google, se os profissionais não estiverem fisicamente no mesmo local.

  • Produza tutoriais: seu produto ou serviço é complexo ou tem funcionalidades que precisam ser explicadas? Faça tutoriais em vídeo que ajudem a reduzir possíveis objeções na compra. Reduzir a complexidade do seu produto ou serviço é facilitar o aprendizado do seu público e ajuda a sua organização a vender mais e melhor.

E então? Vamos começar a sua produção de vídeos online? Pense sobre o que o seu público precisa, que problemas você pode ajudar a resolver, e em que momento da jornada de compra ele está. Seja simples e mão na massa!

Ainda não sabe como começar? Troque uma ideia conosco.

A #SocialBrain é a 1ª agência parceira da Resultados Digitais no Rio de Janeiro que possui as quatro certificações em Inbound Marketing (Metodologia, RD Station, Agência Inbound e Sucesso do Cliente). E agora somos agência Silver!

Recent Posts

Leave a Comment