Como fazer seu negócio andar com Inbound Marketing em três passos

Quase 2018 e ainda não investe em digital? Confira dicas para ativar de vez seu funil de vendas.

Parece que foi ontem que falávamos de planejamento de Marketing para 2017 e o fim do ano já se aproxima. Ao longo dos meses, muita gente batalhou para recuperar o fôlego da onda de crise que se arrasta desde 2015 e as estratégias digitais foram protagonistas desta retomada de crescimento.

 

Na América Latina, por exemplo, 75% das empresas utilizam estratégias de Inbound Marketing. No Brasil, 2017 foi o ano de fortalecimento dos pequenos e médios negócios locais por meio da internet, principalmente em capitais como Rio de Janeiro e São Paulo.

 

Mas, você acredita que estamos quase em 2018 e ainda há quem não invista em Marketing Digital? O fato é que nos últimos anos a conectividade alterou radicalmente nossa forma de viver e se uma empresa quer se manter viva precisa entender os novos caminhos feitos pelo consumidor.

 

Tanto no digital quanto no off-line, o negócio sempre será pensado com base nos mesmos 4Ps – produto, preço, praça e promoção. No recém-lançado livro Marketing 4.0, Philip Kotler traz essa releitura para o nosso mercado e ressalta ainda a importância de guiar o consumidor ao longo da jornada de compra, desde a apresentação e assimilação da marca até a fidelização total.

 

Para que isso ocorra, é mais do que necessário estabelecer um planejamento coerente com os objetivos de negócio e as expectativas de crescimento. Por mais que o Marketing Digital seja um bom negócio e traga resultados em curto, médio e longo prazo, para ter retorno efetivo é fundamental saber aonde se quer chegar.

 

Você está preparado para vender?

 

Estamos perto de duas datas cruciais para fechar o ano com um saldo positivo de vendas: Black Friday e Natal. Se você já vem trabalhando seu funil de vendas prepare-se, pois essa será a hora de colher os maiores frutos. Para quem está no início, a dica é potencializar a estratégia de Inbound Marketing para obter o maior retorno possível em curto prazo.

 

Para isso, vamos te apresentar três dicas de ativação de cada linha do funil de vendas (atração, consideração de compra/relacionamento e conversão) para fazer o negócio girar e aumentar sua receita.

 

1- Atração  Atração

 

 

De acordo com estudo da eConsultancy, ações de SEO estão entre as que mais geram ROI positivo. Por isso:

 

  • Invista em um site otimizado para SEO. Parece básico, mas ainda há muita gente que não faz e impacta negativamente a estratégia de Marketing Digital.

 

  • Invista na criação de um blog e otimize todo o conteúdo, principalmente os temas mais buscados. Por ser um material especializado sobre a área de negócio em que você atua, é mais fácil atrair usuários qualificados.

 

  • Utilize SEO também na estratégia de video content. Para aproveitar melhor o boom do conteúdo em vídeo, organize o seu canal no YouTube, tanto em termos de layout quanto de descrições e títulos para que esteja otimizado para a busca orgânica.

 

2- RelacionamentoRelacionamento

 

Uma vez atraído, como fazer com que alguém entre no seu círculo social? A dica é a mesma para a vida real: seja interessante.

 

  • Identifique qual a melhor isca para cada persona: gerar leads é um goal para importante para dar seguimento à jornada de compra. Mas, nem tudo funciona para todo mundo. Aposte em diferentes estímulos como e-books, tutoriais e trials que permitam dar início a uma relação mais direta.

 

  • O e-mail está mais vivo do que nunca: empresas que investem na nutrição de leads aumentam as oportunidades de venda em 50% com um custo 33% menor. Por isso, aposte em uma boa estratégia de e-mail marketing para se relacionar com o público tanto em mobile quanto em desktop.

 

  • Fale o que interessa para quem interessa: o segredo do sucesso no relacionamento é segmentação. É importante que o Marketing de Conteúdo consiga solucionar os problemas e desejos da persona e tocar no ponto que lhe é mais sensível à compra.

 

3- CompraConversão

 

O que faz alguém escolher pelo seu produto ou serviço?

 

  • Faça ofertas irrecusáveis: estude bem o público e o seu segmento e identifique os principais diferenciais competitivos da sua oferta, como melhor preço, condições de pagamento diferenciadas, descontos em próximas compra e o que mais for possível dentro da sua estratégia de negócio.

 

  • Imprima um senso de urgência: no caso de ações promocionais, uma dica é limitar o tempo de oferta ou até mesmo o local onde ela estará disponível, para estimular o lead a fechar a compra logo.

 

  • Necessidade: estar no lugar certo e na hora certa quando o cliente precisa do que você oferece é uma oportunidade única. Por isso, assegure-se de que a sua estratégia de Marketing cobre os canais onde a sua audiência está e esteja presente nos micro-momentos de interação que levam à compra.

 

Segundo uma pesquisa da Forerster Research, a expectativa é que até 2019 pelo menos 35% das ações de Marketing em todo o mundo sejam digitais. Alguma dúvida de que fazer Marketing Digital hoje vale a pena?

 

Se você já está fazendo o seu planejamento de marketing para 2018, podemos bater um papo com mais insights do mercado e te ajudar a prever os investimentos digitais no orçamento de marketing. Vamos conversar!

Vamos nos encontrar no RD Summit? Cadastre-se aqui e venha fazer negócios!

 

 

A #SocialBrain é a 1ª agência parceira da Resultados Digitais no Rio de Janeiro que possui as quatro certificações em Inbound Marketing (Metodologia, RD Station, Agência Inbound e Sucesso do Cliente). E agora somos agência Silver!

Recommended Posts